Mapa do Trabalho Industrial mostra que país precisa qualificar 10 milhões de trabalhadores até 2025

  • 17 de maio de 2022

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nesta segunda-feira, 16 de maio, o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, que tem por finalidade identificar demandas futuras por mão de obra e orientar a formação profissional de base industrial no país.

A pesquisa realizada pelo Observatório Nacional da Indústria mostra que o Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025 para atender as necessidades projetadas pelas indústrias, de forma a repor inativos, atualizar funcionários ou preencher as novas vagas para o setor.
Desse total, cerca de 7,6 milhões de profissionais já têm alguma formação ou estão inseridas no mercado de trabalho, porém precisam se reciclar por causa do uso de novas tecnologias e mudanças na cadeia produtiva.

O mapa do trabalho industrial 2022-2025 estima que neste período de 4 anos serão criadas 497 mil novas vagas formais na indústria. As áreas com maior demanda são: metalmecânica, construção, logística e transporte, alimentos e bebidas.

Para quem tem formação técnica serão abertas 136 mil vagas até 2025. As maiores demandas serão para especialistas em logística, de transportes e técnicos em controle de produção.

O diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, reconhece que a recuperação do mercado formal de trabalho será lenta em razão da retomada gradual das atividades econômicas no pós-pandemia. “Nesse contexto, o Mapa surge para que possamos entender as transformações do mercado de trabalho e incentivar as pessoas a buscarem qualificação onde haverá emprego. E essa qualificação será recorrente ao longo da trajetória profissional. Quem parar de estudar, vai ficar para trás”, avalia.

Últimas notícias

CRT-BA realiza fiscalização na Micareta de Feira de Santana

Na véspera da aguardada Micareta de Feira de Santana, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado da Bahia (CRT-BA) concluiu mais uma etapa de…
Ler mais...

O Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia (CRT-BA) informa que a Portaria nº 5 foi publicada no Diário Oficial da União. Esta portaria contém a relação dos novos convocados para a apresentação dos Documentos Admissionais e demais acertos sobre a Posse.

Uma Carta Registrada foi encaminhada aos candidatos. Dentro do prazo estipulado, os candidatos devem entrar em contato com o CRT-BA para receber as tratativas da…
Ler mais...

CRT-BA participa da 1° Roda de Conversa sobre profissões do Senai Ilhéus

  O Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia participou da 1ª Roda de Conversa do Senai Ilhéus, realizada na noite desta quarta-feira, 27. O…
Ler mais...

Mapa do Trabalho Industrial mostra que país precisa qualificar 10 milhões de trabalhadores até 2025

  • 17 de maio de 2022

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou nesta segunda-feira, 16 de maio, o Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, que tem por finalidade identificar demandas futuras por mão de obra e orientar a formação profissional de base industrial no país.

A pesquisa realizada pelo Observatório Nacional da Indústria mostra que o Brasil precisará qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025 para atender as necessidades projetadas pelas indústrias, de forma a repor inativos, atualizar funcionários ou preencher as novas vagas para o setor.
Desse total, cerca de 7,6 milhões de profissionais já têm alguma formação ou estão inseridas no mercado de trabalho, porém precisam se reciclar por causa do uso de novas tecnologias e mudanças na cadeia produtiva.

O mapa do trabalho industrial 2022-2025 estima que neste período de 4 anos serão criadas 497 mil novas vagas formais na indústria. As áreas com maior demanda são: metalmecânica, construção, logística e transporte, alimentos e bebidas.

Para quem tem formação técnica serão abertas 136 mil vagas até 2025. As maiores demandas serão para especialistas em logística, de transportes e técnicos em controle de produção.

O diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, reconhece que a recuperação do mercado formal de trabalho será lenta em razão da retomada gradual das atividades econômicas no pós-pandemia. “Nesse contexto, o Mapa surge para que possamos entender as transformações do mercado de trabalho e incentivar as pessoas a buscarem qualificação onde haverá emprego. E essa qualificação será recorrente ao longo da trajetória profissional. Quem parar de estudar, vai ficar para trás”, avalia.

Últimas notícias

CRT-BA realiza fiscalização na Micareta de Feira de Santana

Na véspera da aguardada Micareta de Feira de Santana, o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Estado da Bahia (CRT-BA) concluiu mais uma etapa de…
Ler mais...

O Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia (CRT-BA) informa que a Portaria nº 5 foi publicada no Diário Oficial da União. Esta portaria contém a relação dos novos convocados para a apresentação dos Documentos Admissionais e demais acertos sobre a Posse.

Uma Carta Registrada foi encaminhada aos candidatos. Dentro do prazo estipulado, os candidatos devem entrar em contato com o CRT-BA para receber as tratativas da…
Ler mais...

CRT-BA participa da 1° Roda de Conversa sobre profissões do Senai Ilhéus

  O Conselho Regional dos Técnicos Industriais da Bahia participou da 1ª Roda de Conversa do Senai Ilhéus, realizada na noite desta quarta-feira, 27. O…
Ler mais...